Concurso Nacional Unificado (CNU): Fundação Cesgranrio é escolhida como banca responsável pela aplicação das provas

Cesgranrio será responsável por aplicar o Concurso Nacional Unificado (CNU). Provas estão previstas para ocorrer até março de 2024.

Cesgranrio será responsável por aplicar o Concurso Nacional Unificado (CNU). Provas estão previstas para ocorrer até março de 2024.

Nesta sexta-feira, o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) anunciou que a empresa responsável pela aplicação das provas do Concurso Nacional Unificado (CNU), o “Enem dos concursos”, que preencherá 6,6 mil vagas em órgãos do governo federal, é a Fundação Cesgranrio

Essa seleção ocorrerá simultaneamente em 180 cidades. Seguindo o cronograma inicial, o edital do concurso será publicado em 20 de dezembro, e as provas estão programadas para acontecer até março de 2024.

A Fundação Cesgranrio agora deverá divulgar o edital contendo requisitos, vagas, salários, conteúdo programático, formas de inscrição, critérios de seleção, data e local das provas. A assinatura do contrato entre a Fundação Cesgranrio e o MGI deve ocorrer até o final de novembro.

Para escolher a banca, o ministério conduziu um Estudo Técnico Preliminar (ETR), que estabeleceu os requisitos para a escolha das empresas. Das 12 instituições que realizaram seleções para o governo, 5 apresentaram propostas, e, dentre essas, 3 atenderam a todas as condições.

A escolha pela fundação ocorreu devido à proposta ser mais vantajosa para a administração pública, com um valor mais baixo, além de ter recebido aprovação com o parecer jurídico final da Advocacia Geral da União (AGU), conforme informado pelo MGI.

Ao todo, 21 órgãos e entidades federais participarão do concurso unificado, oferecendo um total de 6.640 vagas em diversas áreas, como engenharia, arquitetura, economia, psicologia, entre outras.

Com a prova unificada, os candidatos poderão concorrer a diversas vagas em diferentes órgãos, pagando apenas uma taxa de inscrição. O processo de inscrição envolverá a escolha de uma área de atuação no momento da inscrição, como administração, agricultura, educação, políticas sociais, entre outras. 

Em seguida, o candidato indicará a ordem de preferência para os cargos disponíveis dentro daquela área, abrangendo oportunidades em vários órgãos.

O edital detalhado, previsto para ser publicado até 20 de dezembro, fornecerá todas as informações sobre o processo de inscrição. Quanto à prova, esta será realizada em 180 municípios brasileiros, dividindo-se em duas partes no mesmo dia.

A primeira parte consistirá em questões objetivas comum a todos os candidatos, e a segunda abordará questões específicas e dissertativas agrupadas por blocos temáticos.

Após a primeira fase, podem ser consideradas, a critério dos órgãos ou por exigência legal de carreiras específicas, pontuações relacionadas à titulação acadêmica, experiência profissional, apresentação de memoriais, provas práticas, entre outros.

A realização da prova está programada para ocorrer até março de 2024, e os resultados gerais da primeira fase devem ser divulgados até o final de maio.

Como foi a Escolha da Banca Organizadora

A divulgação oficial da escolha da banca está agendada para ocorrer durante o seminário “Concursos públicos: fazer diferente para fazer a diferença”, sob a coordenação do Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), que lidera o CNU.

O edital, por sua vez, tem previsão de lançamento até 20 de dezembro deste ano, com as provas programadas para o primeiro semestre de 2024.

No processo licitatório para a realização do Concurso Nacional Unificado, apelidado de Enem dos Concursos, somente três bancas foram as finalistas.

  • Cebraspe
  • Fundação Getulio Vargas (FGV)
  • Fundação Cesgranrio.

A banca selecionada, CESGRANRIO, ficará encarregada de organizar o recebimento das inscrições, bem como as provas objetiva e discursiva, que ocorrerão simultaneamente em 180 cidades do país.

“Como as três empresas tinham as qualificações necessárias, decidimos pelo critério da economicidade, ou seja, por aquela que cobrou o menor valor pelo serviço”, explicou a diretora de Provimento e Movimentação de Pessoal do MGI, Maria Aparecida Chagas Pereira.

“O governo federal tem a experiência do Enem, mas é a primeira vez que estamos fazendo uma prova de concurso público desse vulto, envolvendo 21 órgãos. Por isso, buscamos o apoio dos órgãos de controle desde o princípio, para que todas as etapas do concurso estejam em conformidade com as melhores práticas de gestão, transparência, legalidade e impessoalidade”, informou a diretora do MGI.

O Tribunal de Contas da União (TCU), a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) acompanharam todo o processo de seleção da banca.

Como é a CESGRANRIO

A Fundação Cesgranrio é uma instituição privada sem fins lucrativos que atua como banca organizadora de concursos públicos e processos seletivos em diversas áreas. Ela tem uma longa história na realização de avaliações e é reconhecida por sua atuação em processos seletivos de grandes organizações, especialmente na área pública.

A Cesgranrio foi criada em 1969 pela Petrobras para conduzir concursos e processos seletivos relacionados ao setor petrolífero. Ao longo dos anos, expandiu suas atividades e passou a organizar seleções em diferentes setores e órgãos governamentais.

Como são as provas do Cesgranrio

As provas da Fundação Cesgranrio normalmente são compostas por questões de múltipla escolha com cinco alternativas, sendo apenas uma correta. Os enunciados são curtos e objetivos, e o nível de dificuldade é considerado médio. As provas abordam o edital completo e exigem um conhecimento amplo e assertivo. 

As provas do Cesgranrio são aplicadas com eficiência e qualidade, dentro de normas de segurança e transparência. A Fundação Cesgranrio também oferece atendimento aos candidatos com dúvidas sobre os locais de provas, vagas reservadas ou tratamento diferenciado.

São muitas as peculiaridades que precisam ser levadas em conta na hora da preparação para as provas de concursos públicos. Para o caso da banca Cesgranrio, vamos elencar os principais pontos que o candidato deve ter atenção.

  • A Cesgranrio tem por hábito abordar o edital completo. 
  • Suas questões são bem objetivas. Isso pede um conhecimento amplo e ao mesmo tempo assertivo, com foco nos detalhes. 
  • A prova de inglês tem um nível mais puxado. Ela pede interpretação e demanda um conhecimento maior do idioma.
  • As questões de informática são simples e tendem a cobrar pacote Office, conceitos relacionados à Internet e Segurança da Informação. 
  • Os exames de Matemática e Raciocínio Lógico contam com gráficos e tabelas. As questões cobram capacidade analítica e as provas costumam ser grandes e complexas.
  • Em Português, o foco maior é na linguística textual e gramática. 
  • A Cesgranrio exige que o candidato esteja por dentro dos temas da atualidade do Brasil e do mundo. Isso inclui política, economia e outras questões do cotidiano. 
  • Nas provas de Direito, o mais exigido é o texto de lei. 

Dicas para ser aprovado na Cesgranrio 

Estudar é sempre o melhor caminho, mas para ser aprovado também é preciso ter um planejamento. Sendo assim, aprenda como planejar seus estudos e montar um cronograma perfeito!

Agora, vamos às dicas práticas.

  • Refaça as provas de edições anteriores desta banca. Veja aqui 3 vantagens de estudar por questões. 
  • Conheça bem o perfil das provas da Cesgranrio. Esse é nosso objetivo aqui. Portanto, guarde este conteúdo para consultá-lo sempre que precisar.
  • Leia o edital de forma minuciosa. Leia de novo!
  • Atente-se para tudo o que é pedido no edital. As provas da Cesgranrio costumam cobrar ponto por ponto, viu? Não tem para onde correr.
  • Acompanhe o noticiário nacional e internacional. Esteja por dentro do que é notícia no Brasil e fora. Perceba a transversalidade entre os temas e busque um olhar analítico sobre o que está acontecendo. Não vale saber por alto. 
  • Não se engane achando que por ter questões mais objetivas precisa estudar menos. Pelo contrário, é preciso ter uma visão ampla dos assuntos e se ater bem aos conceitos. 
  • Como falamos acima, a prova de inglês é tida como difícil. Sendo assim, busque formas de estar com o idioma em dia. Gramática, vocabulário e interpretação de texto, ok?
  • Para Português, foco na gramática normativa. Acentuação, regência e pontuação costumam cair. Além disso, mergulhe em linguística textual. 
  • Não é porque a prova de Informática é considerada simples que pode ser deixada de lado. Garanta seus pontos nessa disciplina.
  • Matemática e raciocínio lógico: estude, estude, faça e refaça exercícios. Entenda os conceitos, a lógica e treine sua cabeça para os tipos de questões mais pedidas. Aqui, volte para o primeiro ponto desta lista!
  • Lembre- se: estude e busque ter equilíbrio. Não vale querer estudar o edital todo em uma semana, virar noites e chegar exausto no dia da prova.
  • Você precisa chegar bem no dia da prova.  Já planeje seu estudo levando isso em conta.
  • Dicas bônus da Sanar Saúde: saiba como bancas de concurso e residência podem cobrar atualizações nas Políticas de Saúde. 

ENEM dos Concursos 

O Concurso Nacional Unificado, conhecido como “ENEM dos Concursos”, foi proposto pelo Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos em setembro deste ano. O objetivo é centralizar concursos autorizados, promover a igualdade de oportunidades, padronizar procedimentos, aprimorar métodos de seleção de servidores públicos e zelar pelo princípio da impessoalidade.

O edital do ENEM dos Concursos está previsto para ser lançado em 20 de dezembro, abrangendo 21 órgãos e oferecendo 6.640 vagas. Os candidatos escolherão uma área de atuação e indicarão preferências de cargos.

A prova objetiva está prevista para março de 2024, seguida por provas de conhecimentos específicos e dissertativa. Os resultados da primeira fase são esperados para abril de 2024, enquanto os cursos de formação estão programados para junho e julho, com convocações a partir de agosto do próximo ano.

O processo de classificação considerará o desempenho na prova e a ordem de preferência indicada na inscrição.

Até agora, 21 órgãos federais confirmaram participação no ENEM dos concursos, totalizando 6.640 vagas em diversas áreas. O governo alertou para golpes relacionados ao PIX, enfatizando que as inscrições só serão abertas após o edital, e encorajou denúncias de mensagens fraudulentas.

Comissão CNU

A comissão organizadora do Concurso Nacional Unificado já foi formada e teve seus membros divulgados na segunda-feira, 20, no Diário Oficial do Estado. A primeira comissão, chamada de comissão de governança, inclui representantes do:

  • Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI)
  • Advocacia-Geral da União (AGU)
  • Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República
  • Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)
  • Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
  • Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Divisão dos Blocos Temáticos do CNU

Além disso, durante uma entrevista com a ministra Esther Dweck, foi enfatizada a proposta de abrir mais blocos temáticos no edital unificado. Lembrando que o candidato poderá optar por apenas um único bloco temático. Até o momento, esses são os blocos definidos:

  • Bloco 1 – Administração e Finanças Públicas;
  • Bloco 2 – Agências Reguladoras e Infraestrutura;
  • Bloco 3 – Agricultura e Meio Ambiente;
  • Bloco 4 – Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Bloco 5 – Políticas Sociais, Justiça e Saúde;
  • Bloco 6 – Trabalho e Previdência;
  • Bloco 7 – Dados, Tecnologia e Informação; e
  • Bloco 8 – nível médio de formação.

Sobre o CNU

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos propôs o Concurso Nacional Unificado (CNU) como uma iniciativa para centralizar os processos de recrutamento e seleção de servidores públicos federais, abrangendo as vagas autorizadas em diversos órgãos do Governo Federal.

Essa abordagem unificada visa agilizar a contratação de servidores, visando restaurar a capacidade dos órgãos que perderam 73 mil servidores nos últimos seis anos.

José Celso Cardoso Jr., secretário de Gestão de Pessoal, enfatizou a inovação e ousadia desse projeto, que estabelece critérios de justiça no acesso às vagas públicas, algo inédito na história do Brasil. 

A responsabilidade pelo CNU será dividida entre órgãos de governança, compreendendo um Comitê Consultivo e Deliberativo, e a Comissão de Governança, composta por membros do Poder Executivo.

Regulamento CNU

O regulamento do concurso estabelece o Termo de Adesão, o plano de execução e os objetivos da seleção. 

Os candidatos passarão por duas etapas de avaliação:

  • a primeira, com provas objetivas ou objetivas e dissertativas, de caráter eliminatório e classificatório, de acordo com as especificidades temáticas de cada bloco;
  • e a segunda, com prova de títulos.

Cronograma CNU

Quanto aos detalhes do CNU, o cronograma previsto indica as seguintes datas:

  • contratação da banca até 22 de novembro de 2023
  • divulgação do edital até 20 de dezembro de 2023
  • aplicação das provas em março de 2024
  • divulgação do resultado final até maio de 2024
  • curso de formação até julho de 2024
  • posse dos aprovados até agosto de 2024.

Cargos e Vagas

O “ENEM dos concursos” conta com 6.640 vagas distribuídas entre 21 órgãos e cerca de 80 cargos efetivos.

Durante o processo de inscrição no Concurso Nacional Unificado (CNU), os participantes devem selecionar um dos blocos relacionados às áreas de atuação governamental apresentadas no concurso. Após essa escolha, os candidatos precisam indicar, em ordem de preferência, o cargo ou carreira desejados entre as vagas disponíveis nos respectivos blocos.

É essencial destacar que será divulgado um edital para cada um dos oito blocos temáticos, conforme comunicado pelo secretário de Gestão de Pessoas do Ministério da Gestão e Inovação, Celso Cardoso.

Confira os órgão Confirmados no CNU

ÓrgãoVagas
Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI)502 vagas
Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)742 vagas 
Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) + Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)520 vagas
Ministério da Gestão (MGI) e transversais1.480 vagas
Ministério da Saúde (MS)220 vagas
Ministério do Trabalho e Emprego (AFT)900 vagas
Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ)30 vagas
Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC)110 vagas
Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC)40 vagas
Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)40 vagas
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)35 vagas
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)895 vagas
Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP)130 vagas
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)296 vagas
Ministério da Cultura (MINc)50 vagas
Advocacia Geral da União (AGU)400 vagas
Ministério da Educação (MEC)70 vagas
Ministério dos Direitos Humanos (MDHC) – ATPS40 vagas
Ministério dos Povos Indígenas (MPI)30 vagas
Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO)60 vagas
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep)50 vagas

As provas ocorrerão simultaneamente em 180 cidades, abrangendo todas as regiões do país.

RegiãoNº de municípios
Norte40
Nordeste50
Centro-Oeste18
Sudeste49
Sul23

Fases de Avaliação

O processo seletivo do Concurso Nacional Unificado (CNU) será composto por duas fases, a saber:

1. Provas objetivas de aplicação geral, abrangendo todos os candidatos, e

2. Provas objetivas e dissertativas específicas, relacionadas aos blocos temáticos.

As provas de aplicação geral abordarão conteúdos relacionados aos seguintes temas:

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo;
  • Conhecimentos sobre as bases constitucionais do Estado, estrutura e funcionamento da administração pública;
  • Fundamentos do Direito Administrativo;
  • Valorização do “ethos” público, realidade brasileira e relações entre o Estado;
  • Políticas públicas e desenvolvimento nacional.

Por outro lado, as provas específicas tratarão de temas predeterminados pelos blocos temáticos dos concursos organizados pelo Ministério de Gestão e Inovação (MGI).

É crucial destacar que a relação final de disciplinas para o Concurso Unificado será oficialmente divulgada pela comissão formada e pela banca organizadora contratada.

Resumo Concurso Nacional Unificado 2023/2024

  • Situação: banca escolhida
  • Banca: CESGRANRIO
  • Vagas: 6.640 (até o momento)
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Salários iniciais: até R$ 22,9 mil (cargo: AFT)
  • Este será o primeiro edital do Concurso Nacional Unificado

Concurso Nacional Unificado: Assinatura Ilimitada

Aproveite para iniciar seus estudos para esse que será o maior concurso da história do país com os melhores professores da atualidade! Só com o SOMA CONCURSOS você se prepara adequadamente para o Concurso Nacional Unificado e chega competitivo na prova para conquistar a tão sonhada aprovação!

Tá esperando o quê? Adquira agora mesmo a nossa ASSINATURA ILIMITADA para o Concurso Nacional Unificado (CNU) e chegue na frente dos seus concorrentes!

ANDRÉ SÓCRATES

Analista Ambiental do IBAMA, Especialista em Recuperação de Áreas Degradadas pela Universidade Federal de Viçosa e Engenheiro Florestal pela Universidade de Brasília

Política de Privacidade
SOMA CONCURSOS

Agradecemos por escolher o Soma Concursos.

Nosso compromisso é oferecer uma experiência de estudo e aprendizado excepcional, ajudando você a alcançar seu objetivo: a aprovação.

Esta Política de Privacidade explica como o Soma Concursos, com CNPJ 46.565.049/0001-92 e razão social A S R Cursos e Editora LTDA, coleta, trata e utiliza seus dados pessoais. Valorizamos sua privacidade e estamos empenhados em proteger suas informações pessoais.

Caso você não concorde com o conteúdo desta política, não recomendamos a utilização de nossa plataforma.

Introdução

Esta Política integra os Termos de Uso do Soma Concursos. A leitura cuidadosa é essencial para entender como protegemos sua privacidade e tratamos seus dados pessoais. O uso da plataforma implica na aceitação desta Política.

Dados Pessoais Coletados, Tratados e Armazenados pelo Soma Concursos

No Soma Concursos, coletamos e tratamos dados como:

  • Informações fornecidas no cadastro (nome, CPF, endereço, e-mail, telefone, data de nascimento, escolaridade, etc.);
  • Dados de navegação em nossos sites, como endereço IP, localização geográfica, tipo de navegador, páginas visitadas;
  • Informações de interações com nosso atendimento ao cliente;
  • Dados coletados através de tecnologias como cookies e web beacons.
 

Compartilhamento de Informações

Os dados pessoais podem ser disponibilizados na área do aluno, incluindo nome, foto de perfil, metas de curso, entre outros. Ao fornecer esses dados ou publicar conteúdos, você consente com a divulgação dessas informações.

Uso e Finalidade dos Dados Coletados

Utilizamos seus dados para:

  • Gerenciar seu cadastro e acesso ao conteúdo;
  • Suporte e prevenção de fraudes;
  • Melhorias na plataforma;
  • Comunicações relacionadas aos nossos serviços e novidades;
  • Análises para personalização e recomendações de conteúdo.
 

Fornecimento de Dados para Proteção da Plataforma

Podemos utilizar suas informações para atender leis, prevenir atividades ilegais, proteger nossos direitos e segurança dos usuários.

Sobre o Cancelamento do Envio de Informações

Você pode optar por não receber mais e-mails do Soma Concursos através do link de cancelamento disponível em nossas comunicações.

Exclusão de Dados Pessoais

Os dados serão mantidos pelo tempo necessário e conforme as leis aplicáveis. Para alterar ou excluir suas informações, entre em contato pelo e-mail [email protected].

Mudanças na Política de Privacidade

Reservamo-nos o direito de modificar esta Política. Qualquer alteração será comunicada adequadamente.

Direitos com Relação aos Seus Dados Pessoais

Você tem direitos previstos na LGPD, incluindo acesso, correção e exclusão de seus dados. Para exercê-los, entre em contato com nosso Encarregado pelo e-mail [email protected].

Terceiros e Parceiros

Esta Política de Privacidade será regida e interpretada de acordo com a legislação brasileira, sendo eleito o Foro da Comarca de Brasília para dirimir qualquer litígio ou controvérsia envolvendo este documento, salvo ressalva específica de competência pessoal, territorial ou funcional pela legislação aplicável.

Lei Aplicável e Jurisdição

Esta Política é regida pela legislação brasileira e qualquer litígio será resolvido no Foro da Comarca de São Paulo.

Informações e Dúvidas

Para dúvidas gerais: [email protected].
Para dúvidas sobre dados pessoais: [email protected].

Oferta Especial Soma Concursos!

7 dias de acesso GRATUITO para um Curso Preparatório do SOMA.

Pronto para avançar na carreira pública? O Soma Concursos oferece 7 dias grátis para um curso preparatório. Cadastre-se agora e garanta seu acesso!

Ao enviar este formulário você concorda com a nossa

Política de privacidade.
confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

Assine já
Área do aluno
confirmação de envio de formulário

Recebemos os seus dados com sucesso! Você receberá o acesso de 7 dias gratuito via mensagem no WhatsApp cadastrado.

Precisa de Ajuda?