Concurso Nacional Unificado Bloco 8: Confira os Cargos e Vagas Para Nível Intermediário

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)C

Foi divulgado na quarta-feira (10) o edital do Concurso Nacional Unificado (CNU) , que disponibilizará um total de 6.640 vagas para diversas posições no âmbito do Poder Executivo Federal.

As oportunidades serão distribuídas entre oito blocos temáticos, e neste artigo, apresentaremos todos os detalhes relacionados ao Bloco 8 – Nível Intermediário do CNU.

Cotas Concurso Nacional Unificado

O Ministério da Gestão e da Inovação estabeleceu percentuais de cotas no Concurso Nacional Unificado (CPNU):

  • 5% das vagas de cada cargo são reservadas a candidatos com deficiência.
  • 20% das vagas são destinadas a candidatos negros.
  • 30% das vagas na FUNAI são destinadas a candidatos de origem indígena.

Cargos, Vagas e Remuneração Bloco 8 CNU

Confira abaixo os órgão e vagas disponíveis no Bloco 8 do Concurso Nacional Unificado (CNU):

1 – (B8-01) – FUNDAÇÃO NACIONAL DOS POVOS INDÍGENAS – FUNAI

  • (B8-01-A) – Cargo: Técnico em Indigenismo – Nível médio – 152 vagas – R$ 5.331,31

2 – (B8-02) – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE

  • (B8-02-A) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Norte) – Nível médio – 47 vagas – R$ 4.008,24
  • B8-02-B) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Nordeste) – Nível médio – 86 vagas – R$ 4.008,24
  • (B8-02-C) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Centro-Oeste) – Nível médio – 40 vagas – R$ 4.008,24
  • (B8-02-D) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Sudeste) – Nível médio – 91 vagas – R$ 4.008,24
  • (B8-02-E) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Sul) – Nível médio – 36 vagas – R$ 4.008,24

3 – (B8-03) – MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA – MAPA

  • (B8-03-A) – Cargo: Agente de atividades agropecuárias – Curso Técnico Agrícola – 100 vagas – R$ 7.436,29
  • (B8-03-B) – Cargo: Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal – Curso Técnico Agrícola – 100 vagas – R$ 7.436,29
  • (B8-03-C) – Cargo: Técnico de laboratório – Curso Técnico em Biotecnologia, Análise Clínicas, Metrologia, Química, Agroindústria, Alimentos, Farmácia, Viticultura e Enologia – 40 vagas – R$ 7.436,29

Concurso Funai

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

(B8-01) – FUNDAÇÃO NACIONAL DOS POVOS INDÍGENAS – FUNAI

(B8-01-A) – Cargo: Técnico em Indigenismo

Especialidade: Nível médio

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio.

Descrição do Cargo: Atribuições voltadas ao planejamento, organização, execução, avaliação e apoio técnico e administrativo especializado a atividades inerentes ao indigenismo; execução de atividades de coleta, seleção e tratamento de dados e informações especializadas; orientação e controle de processos voltados à proteção e à defesa dos povos indígenas; acompanhamento e fiscalização das ações desenvolvidas em terras indígenas ou que afetem direta ou indiretamente os índios e suas comunidades, bem como atividades administrativas e logísticas, de nível intermediário, inerentes às competências institucionais e legais de seu órgão de lotação.

Remuneração inicial na data do Edital: R$ 5.331,31 composta de:

  • R$ 1.907,03 de vencimento básico
  • R$ 847,48 de Gratificação de apoio à execução da Política Indigenista (GAPIN)
  • R$ 2.576,80 de Gratificação de Desempenho de Atividade Indigenista (GDAIN) de 80 pontos. 

Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos e a remuneração atingirá o valor de R$ 5.975,51. 

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão alocados em uma das seguintes cidades, sendo dada preferência para os candidatos provenientes da respectiva cidade: municípios da Amazônia Legal e Mato Grosso do Sul

Concurso IBGE

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

(B8-02) – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE

(B8-02-A) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Norte) 

Especialidade: Nível médio

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio.

Descrição do Cargo: exercício de atribuições voltadas para o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Atividades previstas para a especialidade:

  • coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade;
  • realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa; realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios;
  • proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas; 
  • executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE;
  • atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários;
  • executar de acordo com instruções e/ou orientações, as rotinas administrativas necessárias à manutenção da Unidade de Trabalho, desde o recebimento, a organização, a guarda e o encaminhamento de documentos institucionais e de interessados, utilizando os recursos de informática disponibilizados pela Instituição e os sistemas corporativos e federais;
  • operar e utilizar equipamentos de informática necessários à sustentação e apoio à coleta de dados, às áreas técnica e de suporte administrativo, à cartografia e geodesia e à disseminação de informações;
  • realizar atividades de administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros dando suporte à área de jurisdição;
  • executar e apoiar atividades de supervisão de pesquisa de campo referentes à área de jurisdição, acompanhando a distribuição, o controle e o resultado das coletas de dados, através dos sistemas específicos de acompanhamento e controle das pesquisas;
  • supervisionar as equipes de trabalho nas diversas pesquisas, garantindo a qualidade das informações coletadas em consonância com a metodologia, critérios, regras conceituais e técnicas, cumprimento de prazos e modus operandi mais adequado;
  • participar dos treinamentos presenciais e a distância e organizá-los, se for o caso, bem como atuar como instrutor/tutor/facilitador e oferecendo suporte e apoio técnico na organização e realização destes;
  • e executar outras atividades compatíveis com o cargo. 

Remuneração inicial na data do edital: R$ 4.008,24. 

Remuneração inicial considera gratificação de desempenho (GDIBGE) de 100 pontos. Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos. Não inclui valores de gratificação de qualificação (GQ). 

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes regiões geográficas do norte (vide edital).

(B8-02-B) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Nordeste) 

Especialidade: Nível médio 

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio

Descrição do Cargo: exercício de atribuições voltadas para o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Atividades previstas para a especialidade:

  • coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade;
  • realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa;
  • realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios;
  • proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas;
  • executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE; atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários;
  • executar de acordo com instruções e/ou orientações, as rotinas administrativas necessárias à manutenção da Unidade de Trabalho, desde o recebimento, a organização, a guarda e o encaminhamento de documentos institucionais e de interessados, utilizando os recursos de informática disponibilizados pela Instituição e os sistemas corporativos e federais;
  • operar e utilizar equipamentos de informática necessários à sustentação e apoio à coleta de dados, às áreas técnica e de suporte administrativo, à cartografia e geodesia e à disseminação de informações;
  • realizar atividades de administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros dando suporte à área de jurisdição;
  • executar e apoiar atividades de supervisão de pesquisa de campo referentes à área de jurisdição, acompanhando a distribuição, o controle e o resultado das coletas de dados, através dos sistemas específicos de acompanhamento e controle das pesquisas;
  • supervisionar as equipes de trabalho nas diversas pesquisas, garantindo a qualidade das informações coletadas em consonância com a metodologia, critérios, regras conceituais e técnicas, cumprimento de prazos e modus operandi mais adequado;
  • participar dos treinamentos presenciais e a distância e organizá-los, se for o caso, bem como atuar como instrutor/tutor/facilitador e oferecendo suporte e apoio técnico na organização e realização destes;
  • e executar outras atividades compatíveis com o cargo.

Remuneração inicial na data do edital: R$ 4.008,24.

Remuneração inicial considera gratificação de desempenho (GDIBGE) de 100 pontos. Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos. Não inclui valores de gratificação de qualificação (GQ). 

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes regiões geográficas do nordeste (vide edital).

(B8-02-C) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Centro-Oeste) 

Especialidade: Nível médio

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio

Descrição do Cargo: exercício de atribuições voltadas para o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Atividades previstas para a especialidade:

  • coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade;
  • realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa;
  • realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios;
  • proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas;
  • executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE;
  • atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários;
  • executar de acordo com instruções e/ou orientações, as rotinas administrativas necessárias à manutenção da Unidade de Trabalho, desde o recebimento, a organização, a guarda e o encaminhamento de documentos institucionais e de interessados, utilizando os recursos de informática disponibilizados pela Instituição e os sistemas corporativos e federais;
  • operar e utilizar equipamentos de informática necessários à sustentação e apoio à coleta de dados, às áreas técnica e de suporte administrativo, à cartografia e geodesia e à disseminação de informações;
  • realizar atividades de administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros dando suporte à área de jurisdição;
  • executar e apoiar atividades de supervisão de pesquisa de campo referentes à área de jurisdição, acompanhando a distribuição, o controle e o resultado das coletas de dados, através dos sistemas específicos de acompanhamento e controle das pesquisas;
  • supervisionar as equipes de trabalho nas diversas pesquisas, garantindo a qualidade das informações coletadas em consonância com a metodologia, critérios, regras conceituais e técnicas, cumprimento de prazos e modus operandi mais adequado;
  • participar dos treinamentos presenciais e a distância e organizá-los, se for o caso, bem como atuar como instrutor/tutor/facilitador e oferecendo suporte e apoio técnico na organização e realização destes;
  • e executar outras atividades compatíveis com o cargo. 

Remuneração inicial na data do edital: R$ 4.008,24. 

Remuneração inicial considera gratificação de desempenho (GDIBGE) de 100 pontos. Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos. Não inclui valores de gratificação de qualificação (GQ).

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais 
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes regiões geográficas do centro-oeste (vide edital).

(B8-02-D) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Sudeste) 

Especialidade: Nível médio

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio.

Descrição do Cargo: exercício de atribuições voltadas para o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental.

Atividades previstas para a especialidade:

  • coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade;
  • realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa;
  • realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios;
  • proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas;
  • executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE;
  • atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários;
  • executar de acordo com instruções e/ou orientações, as rotinas administrativas necessárias à manutenção da Unidade de Trabalho, desde o recebimento, a organização, a guarda e o encaminhamento de documentos institucionais e de interessados, utilizando os recursos de informática disponibilizados pela Instituição e os sistemas corporativos e federais;
  • operar e utilizar equipamentos de informática necessários à sustentação e apoio à coleta de dados, às áreas técnica e de suporte administrativo, à cartografia e geodesia e à disseminação de informações;
  • realizar atividades de administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros dando suporte à área de jurisdição;
  • executar e apoiar atividades de supervisão de pesquisa de campo referentes à área de jurisdição, acompanhando a distribuição, o controle e o resultado das coletas de dados, através dos sistemas específicos de acompanhamento e controle das pesquisas;
  • supervisionar as equipes de trabalho nas diversas pesquisas, garantindo a qualidade das informações coletadas em consonância com a metodologia, critérios, regras conceituais e técnicas, cumprimento de prazos e modus operandi mais adequado;
  • participar dos treinamentos presenciais e a distância e organizá-los, se for o caso, bem como atuar como instrutor/tutor/facilitador e oferecendo suporte e apoio técnico na organização e realização destes;
  • e executar outras atividades compatíveis com o cargo.

Remuneração inicial na data do edital: R$ 4.008,24. 

Remuneração inicial considera gratificação de desempenho (GDIBGE) de 100 pontos. Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos. Não inclui valores de gratificação de qualificação (GQ). 

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes regiões geográficas da região sudeste (vide edital).

(B8-02-E) – Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (Região Sul) 

Especialidade: Nível médio

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em nível médio.

Descrição do Cargo: exercício de atribuições voltadas para o suporte e o apoio técnico especializado às atividades de ensino, pesquisa, produção, análise e disseminação de dados e informações de natureza estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental. 

Atividades previstas para a especialidade:

  • coletar dados em diversas fontes, planejar, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade;
  • realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa;
  • realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios;
  • proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas;
  • executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE;
  • atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários;
  • executar de acordo com instruções e/ou orientações, as rotinas administrativas necessárias à manutenção da Unidade de Trabalho, desde o recebimento, a organização, a guarda e o encaminhamento de documentos institucionais e de interessados, utilizando os recursos de informática disponibilizados pela Instituição e os sistemas corporativos e federais;
  • operar e utilizar equipamentos de informática necessários à sustentação e apoio à coleta de dados, às áreas técnica e de suporte administrativo, à cartografia e geodesia e à disseminação de informações;
  • realizar atividades de administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros dando suporte à área de jurisdição;
  • executar e apoiar atividades de supervisão de pesquisa de campo referentes à área de jurisdição, acompanhando a distribuição, o controle e o resultado das coletas de dados, através dos sistemas específicos de acompanhamento e controle das pesquisas;
  • supervisionar as equipes de trabalho nas diversas pesquisas, garantindo a qualidade das informações coletadas em consonância com a metodologia, critérios, regras conceituais e técnicas, cumprimento de prazos e modus operandi mais adequado;
  • participar dos treinamentos presenciais e a distância e organizá-los, se for o caso, bem como atuar como instrutor/tutor/facilitador e oferecendo suporte e apoio técnico na organização e realização destes;
  • e executar outras atividades compatíveis com o cargo.

Remuneração inicial na data do edital: R$ 4.008,24. 

Remuneração inicial considera gratificação de desempenho (GDIBGE) de 100 pontos. Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos. Não inclui valores de gratificação de qualificação (GQ). 

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: os candidatos selecionados poderão ser alocados em cidades das seguintes regiões geográficas da região sul (vide edital):

Concurso MAPA

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

(B8-03) – MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA – MAPA 

(B8-03-A) – Cargo: Agente de atividades agropecuárias

Especialidade: Curso Técnico Agrícola com registro em Conselho de Classe 

Formação exigida: Curso de Técnico Agrícola – nas modalidades Técnico Agrícola ou Técnico em Agricultura – atribuições previstas nos arts. 3º, 6º e 9º do Decreto 90.922/195 – conforme tabela constante da Resolução nº 32 de 26 de maio de 2021 do Conselho Federal de Técnicos Agrícolas.

Descrição do Cargo: Atividades de natureza especializada, de nível intermediário, de prevenção, controle e erradicação de doenças animais e pragas vegetais de interesse econômico e de saúde pública, da sanidade, conformidade e segurança dos produtos de origem animal e vegetal (alimentos e outros produtos), na segurança e conformidade de insumos agrícolas e pecuários, por meio de fiscalização e inspeção na Defesa Agropecuária. 

Atividades previstas para a especialidade:

  • Execução de tarefas técnico-operacionais relativas à fiscalização agropecuária, relacionadas com a sanidade das populações vegetais, à idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária, à identidade e à segurança higiênico-sanitária dos produtos agropecuários finais destinados aos consumidores. 

Remuneração inicial na data do Edital: R$ 7.436,29 composta de:

  • R$ 3.301,89 de vencimento básico
  • R$ 4.134,40 de Gratificação de Desempenho de 80 pontos. 

Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos e a remuneração atingirá o valor de 8.469,89.

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: Nacional

(B8-03-B) – Cargo: Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal 

Especialidade: Curso Técnico Agrícola com registro em Conselho de Classe

Formação exigida: Curso de Técnico Agrícola – nas modalidades Técnico Agrícola ou Técnico em Agricultura – atribuições previstas nos arts. 3º, 6º e 9º do Decreto 90.922/195 – conforme tabela constante da Resolução nº 32 de 26 de maio de 2021 do Conselho Federal de Técnicos Agrícolas. 

Descrição do Cargo: Atividades de natureza especializada, de nível intermediário, de prevenção, controle e erradicação de doenças animais de interesse econômico e de saúde pública, da sanidade, conformidade e segurança dos produtos de origem animal, na segurança e conformidade de insumos pecuários por meio de fiscalização e inspeção na Defesa Agropecuária. 

Atividades previstas para a especialidade:

  • Execução de tarefas técnico-operacionais relativas à fiscalização agropecuária, relacionadas à saúde dos rebanhos animais, à idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária, à identidade e à segurança higiênico-sanitária dos produtos agropecuários finais destinados aos consumidores. 

Remuneração inicial na data do Edital: R$ 7.436,29 composta de:

  • R$ 3.301,89 de vencimento básico
  • R$ 4.134,40 de Gratificação de Desempenho de 80 pontos. 

Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos e a remuneração atingirá o valor de 8.469,89.

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais 
  • Local de exercício: Naciona

(B8-03-C) – Cargo: Técnico de laboratório

Especialidade: Curso Técnico em Biotecnologia, Análise Clínicas, Metrologia, Química, Agroindústria, Alimentos, Farmácia, Viticultura e Enologia, com registro em conselho de classe. 

Formação exigida: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em curso técnico em biotecnologia, análise clínicas, metrologia, química, agroindústria, alimentos, farmácia, viticultura e enologia, com registro em conselho de classe. 

Descrição do Cargo: Atividades de natureza especializada, de nível intermediário, de diagnóstico laboratorial para: prevenção, controle e erradicação de doenças animais e pragas vegetais de interesse econômico e de saúde pública, da sanidade, conformidade e segurança dos produtos de origem animal e vegetal (alimentos e outros produtos), na segurança e conformidade de insumos agrícolas e pecuários. 

Atividades previstas para a especialidade: 

  • Execução de atividades técnicas-operacionais nos laboratórios da rede oficial, relacionadas com: a sanidade das populações vegetais; a saúde dos rebanhos animais; a idoneidade dos insumos e serviços utilizados na agropecuária; e a identidade e a segurança higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos agropecuários finais, envolvendo a realização de ensaios e análises físico-químicas, bioquímicas, químicas, bromatológicas, bacteriológicas, bacterioscopias e microbiológicas; 
  • operação, calibração e manutenção de equipamentos e instalações laboratoriais; manutenção de sistemas de gestão da qualidade nos laboratórios;
  • procedimentos de biossegurança laboratorial; e tratamentos prévios e complementares dos resíduos laboratoriais. 

Remuneração inicial na data do Edital: R$ 7.436,29 composta de:

  • R$ 3.301,89 de vencimento básico
  • R$ 4.134,40 de Gratificação de Desempenho de 80 pontos.

Ao ingressar, o novo servidor receberá 80 pontos de gratificação até sua primeira avaliação, quando poderá chegar aos 100 pontos e a remuneração atingirá o valor de 8.469,89.

  • Jornada de Trabalho: 40 horas semanais
  • Local de exercício: Nacional 

Inscrições Bloco 8 CNU

Para efetuar a inscrição, o interessado deve seguir os seguintes passos:

  • Familiarizar-se com todas as informações relacionadas ao Concurso Público Nacional Unificado, disponíveis na página correspondente do GOV.BR
  • Possuir uma conta no GOV.BR.

As inscrições para o Concurso Nacional Unificado – Bloco 3 começarão em 19 de janeiro de 2024 e permanecerão abertas até 9 de fevereiro de 2024. 

Para validar a candidatura, os interessados devem acessar o site GOV.BR e efetuar o pagamento da taxa, que é de R$ 60,00 para nível médio e R$ 90,00 para nível superior.

É importante observar que é permitido inscrever-se apenas para cargos de um único bloco, e os candidatos têm a opção de alterar o bloco temático escolhido até o término do período de inscrições.

A isenção da taxa será concedida aos candidatos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), aqueles que foram beneficiados pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) ou pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e também àqueles que passaram por transplante de medula óssea.

Durante o período de solicitação de inscrição, é permitido ao candidato realizar alterações no bloco temático, na opção de atendimento especial/sistema de concorrência de vagas reservadas e na cidade de realização das provas, sem custo adicional.

Etapas e Provas Bloco 8 CNU

As provas objetivas e discursivas do Bloco 8 do Concurso Nacional Unificado serão aplicadas, para todos os cargos, no dia 5 de maio de 2024, em dois turnos, sendo:

Turno matutino (2:30hs de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;
  • Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Turno Vespertino (3:30hs de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);
  • Nível médio: provas objetivas (40 questões).

O concurso ocorrerá em até duas fases, dependendo da área de atuação e requisitos específicos, que serão determinados no momento da inscrição.

Na primeira fase, será necessário realizar tanto a prova objetiva quanto a redação, ambas com caráter eliminatório e classificatório. Já na segunda fase, se aplicável, a avaliação consistirá na análise de títulos, tendo apenas caráter classificatório.

Prova Objetiva

Na etapa inicial das provas objetivas, que têm a finalidade de eliminar e classificar os candidatos, serão apresentadas 60 questões de múltipla escolha, distribuídas nas seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa (15 questões)
  • Noções de Direito (15 questões)
  • Matemática (15 questões)
  • Realidade Brasileira (15 questões).

Cada questão fornecerá cinco opções de resposta (A, B, C, D, E), sendo que apenas uma delas é correta. 

A pontuação nas provas objetivas será calculada utilizando a fórmula: 100 * (número de acertos) / 60.

As Tabelas 1 e 2 detalham o método de cálculo da nota do candidato, tanto para cargos com prova de títulos quanto para os demais.

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

Estão vinculados à Tabela 1 os seguintes cargos/especialidades:  

  • Fundação Nacional dos Povos Indígenas – FUNAI, Cargo: Técnico em Indigenismo, Especialidade: Nível Médio; 
  • Ministério da Agricultura e Pecuária – MAPA, Cargo: Agente de atividades agropecuárias, Especialidade: Curso Técnico Agrícola com registro de Conselho de Classe;  
  • Ministério da Agricultura e Pecuária – MAPA, Cargo: Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal, Especialidade: Curso Técnico Agrícola com registro de Conselho de Classe;  
  • Ministério da Agricultura e Pecuária – MAPA, Cargo: Técnico de laboratório, Especialidade: Curso Técnico em Biotecnologia, Análise Clínicas, Metrologia, Química, Agroindústria, Alimentos, Farmácia, Viticultura e Enologia com registro de Conselho de Classe. 
Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

Estão vinculados à Tabela 2, sem etapa de títulos, os seguintes cargos/especialidades:

  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, Cargo: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas, Especialidade: Nível Médio.

Será eliminado o candidato que não atingir uma pontuação mínima de 30% nas provas objetivas ou que obtiver nota zero na redação.

Prova Discursiva

Na segunda fase do processo seletivo, a Prova Discursiva terá como critério de habilitação a classificação do candidato nas Provas Objetivas. 

Essa classificação será determinada pela soma das notas ponderadas das Provas Objetivas de Conhecimentos Gerais (P1) e de Conhecimentos Específicos (P2) no órgão, cargo ou especialidade escolhidos durante a inscrição.

Os candidatos que não alcançarem a nota mínima nas Provas Objetivas para a correção da Prova Discursiva, em qualquer um dos cargos indicados na inscrição, serão eliminados desses cargos e os candidatos não habilitados na discursiva serão eliminados do Concurso Público Nacional Unificado.

A Prova de Redação, de caráter eliminatório e classificatório, valerá 100 pontos e deverá ser redigida em CANETA ESFEROGRÁFICA DE TINTA PRETA, FABRICADA EM MATERIAL TRANSPARENTE.

Será eliminado o candidato que:

  • obtiver nota zero na Redação;
  • elaborar um texto que for assinado e/ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a sua identificação.  

A avaliação da Redação, cujo número de linhas esperado será explicitado em seu enunciado, será avaliada conforme os critérios a seguir:

  • adequação ao tema proposto;
  • adequação ao tipo de texto solicitado;
  • emprego apropriado de mecanismos de coesão (referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto);
  • capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto;
  • pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão (adequação vocabular, ortografia, morfologia, sintaxe de concordância, de regência e de colocação). 

Será atribuída nota ZERO à Redação do candidato que:

  • fugir ao tipo de texto em prosa dissertativo-argumentativo; 
  • fugir ao tema proposto;
  • apresentar texto sob forma não articulada verbalmente em língua portuguesa (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em forma de verso);
  • for assinada e/ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;
  • for escrita a lápis, em parte ou na sua totalidade.
  • Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer texto ou fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado.  

Avaliação de Títulos

A Prova de Títulos, de caráter classificatório, consistirá na experiência profissional do candidato limitada à pontuação máxima de 10,0 pontos, ainda que a soma dos valores dos Títulos apresentados seja superior a esse valor. 

Os candidatos habilitados na Redação deverão enviar seus títulos (imagem do documento original ou cópia autenticada, frente e verso), apenas via upload, ao Concurso Público Nacional Unificado conforme orientação na página citada, do dia 29/06 a 01/07/2024, não sendo aceita nenhuma outra forma de envio desses documentos.

Somente serão aceitos os documentos enviados nos formatos PDF, JPEG e JPG, no tamanho máximo de 2MB. A avaliação de Títulos será realizada pela Banca Examinadora.

O candidato que não enviar os Títulos na forma e no prazo estabelecidos no Edital receberá nota zero na Prova de Títulos, não pontuando para a reclassificação.

Disciplinas Cobradas no Bloco 8 CNU

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  • LÍNGUA PORTUGUESA
  • NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO
  • MATEMÁTICA
  • REALIDADE BRASILEIRA

Cidades de Realização das Provas do Bloco 8

Confira abaixo as cidades de realização das provas objetivas e discursivas do BLOCO 8 do Concurso Nacional Unificado:

Concurso Nacional Unificado tem editais publicados. Confira os detalhes do Edital do Bloco 8 (Nível Intermediário)

Concurso Nacional Unificado Bloco 8

Banca: Cesgranrio

Vagas: 6.640 + CR

Cargos: diversos

Escolaridade: níveis médio e superior

Salários iniciais: até R$ 22.921,71

Inscrições: de 19/1 a 9/2

Taxa: R$ 60,00 e R$ 90,00

Provas: 5/5/2024

Edital Bloco 8 – Nível Intermediário

Diário Oficial

Vem ser SOMA

Portanto, se você se identificou com as atribuições e cargos do Concurso Nacional Unificado e deseja se tornar servidor da carreira, não perca mais tempo! Então, comece agora mesmo a sua preparação! Com SOMA Concursos você pode, ademais, confira nossas promoções, pacotes e assinaturas! Clique Aqui!

No entanto, quer saber mais sobre este ou outros concursos? Então, acompanhe nossas redes sociais!

QUER FICAR POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NO MUNDO DOS CONCURSOS?

Então acompanhe nossas redes sociais e nos siga no Instagram e no nosso canal do Youtube. Assim, você confere as últimas novidades sobre concursos públicos e também acompanha nossa programação de aulas gratuitas!

Portanto, assine também nosso Newsletter e receba nossos e-mails com novidades, dicas e promoções.

Assinatura Ilimitada!

Quer ser aprovado em concurso público estudando com os melhores professores do Brasil? Então confira agora mesmo a nossa assinatura ILIMITADA! Não fique aí parado vendo seus amigos sendo aprovados e você não.

ANDRÉ SÓCRATES

Analista Ambiental do IBAMA, Especialista em Recuperação de Áreas Degradadas pela Universidade Federal de Viçosa e Engenheiro Florestal pela Universidade de Brasília

Política de Privacidade
SOMA CONCURSOS

Agradecemos por escolher o Soma Concursos.

Nosso compromisso é oferecer uma experiência de estudo e aprendizado excepcional, ajudando você a alcançar seu objetivo: a aprovação.

Esta Política de Privacidade explica como o Soma Concursos, com CNPJ 46.565.049/0001-92 e razão social A S R Cursos e Editora LTDA, coleta, trata e utiliza seus dados pessoais. Valorizamos sua privacidade e estamos empenhados em proteger suas informações pessoais.

Caso você não concorde com o conteúdo desta política, não recomendamos a utilização de nossa plataforma.

Introdução

Esta Política integra os Termos de Uso do Soma Concursos. A leitura cuidadosa é essencial para entender como protegemos sua privacidade e tratamos seus dados pessoais. O uso da plataforma implica na aceitação desta Política.

Dados Pessoais Coletados, Tratados e Armazenados pelo Soma Concursos

No Soma Concursos, coletamos e tratamos dados como:

  • Informações fornecidas no cadastro (nome, CPF, endereço, e-mail, telefone, data de nascimento, escolaridade, etc.);
  • Dados de navegação em nossos sites, como endereço IP, localização geográfica, tipo de navegador, páginas visitadas;
  • Informações de interações com nosso atendimento ao cliente;
  • Dados coletados através de tecnologias como cookies e web beacons.
 

Compartilhamento de Informações

Os dados pessoais podem ser disponibilizados na área do aluno, incluindo nome, foto de perfil, metas de curso, entre outros. Ao fornecer esses dados ou publicar conteúdos, você consente com a divulgação dessas informações.

Uso e Finalidade dos Dados Coletados

Utilizamos seus dados para:

  • Gerenciar seu cadastro e acesso ao conteúdo;
  • Suporte e prevenção de fraudes;
  • Melhorias na plataforma;
  • Comunicações relacionadas aos nossos serviços e novidades;
  • Análises para personalização e recomendações de conteúdo.
 

Fornecimento de Dados para Proteção da Plataforma

Podemos utilizar suas informações para atender leis, prevenir atividades ilegais, proteger nossos direitos e segurança dos usuários.

Sobre o Cancelamento do Envio de Informações

Você pode optar por não receber mais e-mails do Soma Concursos através do link de cancelamento disponível em nossas comunicações.

Exclusão de Dados Pessoais

Os dados serão mantidos pelo tempo necessário e conforme as leis aplicáveis. Para alterar ou excluir suas informações, entre em contato pelo e-mail [email protected].

Mudanças na Política de Privacidade

Reservamo-nos o direito de modificar esta Política. Qualquer alteração será comunicada adequadamente.

Direitos com Relação aos Seus Dados Pessoais

Você tem direitos previstos na LGPD, incluindo acesso, correção e exclusão de seus dados. Para exercê-los, entre em contato com nosso Encarregado pelo e-mail [email protected].

Terceiros e Parceiros

Esta Política de Privacidade será regida e interpretada de acordo com a legislação brasileira, sendo eleito o Foro da Comarca de Brasília para dirimir qualquer litígio ou controvérsia envolvendo este documento, salvo ressalva específica de competência pessoal, territorial ou funcional pela legislação aplicável.

Lei Aplicável e Jurisdição

Esta Política é regida pela legislação brasileira e qualquer litígio será resolvido no Foro da Comarca de São Paulo.

Informações e Dúvidas

Para dúvidas gerais: [email protected].
Para dúvidas sobre dados pessoais: [email protected].

Oferta Especial Soma Concursos!

7 dias de acesso GRATUITO para um Curso Preparatório do SOMA.

Pronto para avançar na carreira pública? O Soma Concursos oferece 7 dias grátis para um curso preparatório. Cadastre-se agora e garanta seu acesso!

Ao enviar este formulário você concorda com a nossa

Política de privacidade.

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

confirmação de envio de formulário

Faça o download do simulado clicando nos links abaixo:

Por favor, preencha seus dados abaixo para realizar o download dos simulados.

Assine já
Área do aluno
confirmação de envio de formulário

Recebemos os seus dados com sucesso! Você receberá o acesso de 7 dias gratuito via mensagem no WhatsApp cadastrado.

Precisa de Ajuda?